Motor Otto

O motor Otto foi o primeiro motor de explosão a 4 tempos e, neste caso, marcou o início da operacionalidade e do funcionamento dos motores de combustão interna. Este tipo de motor era inicialmente capaz de funcionar a gás e mais tarde a gasolina.

Este tipo de motor foi uma revolu√ß√£o na ind√ļstria e permitiu aumentar consideravelmente o rendimento dos motores anteriores.

Esta invenção consistia num sistema bastante simples e muito semelhante ao do motor a vapor construído na mesma altura e era constituído principalmente por três sistemas fundamentais:

  • Um sistema el√©ctrico que produzia fa√≠scas.
  • Um carburador que regulava com precis√£o a mistura de ar e de combust√≠vel.
  • Um sistema de admiss√£o que, neste caso, controlava o fluxo interno dos gases que circulavam no cilindro.

Estes três sistemas estavam sincronizados e eram resolvidos por um complexo sistema de cames e manivelas ligadas entre si por engrenagens.

O ciclo Otto

Após 14 anos de desenvolvimento, investigação e desenvolvimento, Otto conseguiu criar o motor de combustão interna. Encontra a solução de misturar o combustível no interior do cilindro para que este arda progressivamente.

Isto resultou numa combust√£o controlada e num impulso mais firme e progressivo do pist√£o, evitando assim as explos√Ķes precoces de outros tipos de motores.

Durante a Segunda Guerra Mundial, estes motores Otto foram adaptados e passaram a poder funcionar com 60 tipos de combust√≠veis diferentes, o que foi uma grande ajuda. Este tipo de motor foi desenvolvido muitos anos mais tarde e finalmente surgiu o motor diesel que √© utilizado actualmente em tantos milh√Ķes de ve√≠culos em todo o mundo.

Diferenças entre os motores Otto e diesel

Ambos os motores s√£o motores t√©rmicos, que convertem energia em trabalho mec√Ęnico atrav√©s de reac√ß√Ķes termodin√Ęmicas.

A principal e, por isso, a mais importante diferença reside no seu ciclo teórico: o motor Otto funciona com ignição por faísca e o motor diesel funciona por meio de ignição por compressão.

Outra grande diferença encontra-se na ignição do combustível, que neste caso o Otto, como já referimos, é feita pela faísca proveniente da vela de ignição e é conhecido como motor de ignição por faísca ou motor de ignição por centelha e o outro é que o diesel é feito por ignição por compressão do combustível.

Mecanicamente, n√£o h√° grandes diferen√ßas, a √ļnica diferen√ßa que pode ser mais relevante √© que o motor diesel √© submetido a uma press√£o muito maior e, portanto, requer uma estrutura muito mais forte do que o motor Otto.

Renting de carros

Ele estreia seu carro sem preocupa√ß√Ķes e adaptando -o a voc√™