Common Rail

A tecnologia Common Rail é um sistema de injecção de motores diesel, tendo sido a Fiat, em 1997, a responsável pela sua concepção e por dar a este sistema a fama que tem, instalando-o nos seus automóveis. Actualmente, a maioria dos automóveis a diesel está equipada com o sistema Common Rail.

O Alfa Romeo 156 foi o primeiro veículo a utilizar a tecnologia de injecção diesel Common Rail no motor.

o que é o Common Rail?

O Common Rail √© um sistema utilizado nos sistemas a diesel, que utiliza um √ļnico tubo para transportar o combust√≠vel do dep√≥sito de combust√≠vel para os injectores do motor. A ideia √© gerar uma press√£o mais elevada para que o gas√≥leo possa ser distribu√≠do uniformemente. 

Uma das vantagens do common rail √© que permite uma dosagem de combust√≠vel muito precisa e controlada e tamb√©m uma press√£o de injec√ß√£o elevada para distribuir o combust√≠vel de forma √≥ptima. 

como funciona o sistema Common Rail?

O sistema Common Rail funciona de uma forma simples: uma bomba comprime o combustível através do mesmo tubo, a uma pressão elevada, e, finalmente, a partir deste tubo, o combustível é levado para cada injector do motor. Com a unidade de controlo do automóvel (ECU) é possível manter uma pressão constante e elevada na linha e, ao mesmo tempo, é possível calcular a duração e o momento exacto em que cada injector deve deixar fluir o combustível.

Elementos envolvidos num sistema common rail:

Vantagens do sistema de injecção Common Rail Diesel

Este sistema oferece uma s√©rie de vantagens, entre as quais se destacam as seguintes: 

  • 100% control√°vel electronicamente
  • Tecnologia de injec√ß√£o mais limpa
  • Mais eficiente
  • Reduz as emiss√Ķes
  • Mais pot√™ncia
  • Menor consumo de combust√≠vel
  • Melhor combust√£o

que carros têm Common Rail?

Actualmente, mais de 70% dos autom√≥veis com motor diesel est√£o equipados com o sistema Common Rail, que marcou, sem d√ļvida, um ponto de viragem no mundo dos motores em termos de efici√™ncia e desempenho. Este sistema, concebido pela Fiat e pela Bosh, est√° em produ√ß√£o h√° mais de 20 anos e est√° em constante evolu√ß√£o. 

o que acontece se o sensor de press√£o falhar?

O sensor de press√£o ou sensor Riel √© respons√°vel pela localiza√ß√£o da press√£o do combust√≠vel atrav√©s de um sistema electr√≥nico que envia a informa√ß√£o √† UCE, em fun√ß√£o da press√£o existente.  

Sintomas de avaria

  • Problema ao ligar o motor
  • Press√Ķes elevadas.
  • O sensor de press√£o necessita de um bin√°rio especial e deforma-se durante a instala√ß√£o

Renting de carros

Ele estreia seu carro sem preocupa√ß√Ķes e adaptando -o a voc√™