Hyundai Tucson (2021)

O carro que quebra o molde

  • Desenho exterior inovador
  • Equipamento de classe mundial
  • Ampla gama mec√Ęnica
  • Sem controlos f√≠sicos
  • Modelos h√≠bridos dispendiosos
Hyundai tucson 2021Hyundai tucson 2021
Descobre o nuevo tucson 2021

Descobre o Hyundai Tucson (2021)

Espectacular! √Č assim que podemos descrever o Hyundai Tucson, um SUV que na sua nova gera√ß√£o quebra todos os moldes e derruba todas as conven√ß√Ķes para permanecer o favorito, ou pelo menos um dos favoritos. N√£o √© por acaso que o Tucson √© um dos SUV mais populares na sua categoria e tamb√©m o SUV mais vendido em Espanha em 2020, ultrapassando o Nissan Qashqai, que durante anos tem sido o SUV mais vendido no nosso pa√≠s. Sem ir mais longe, o Qashqai √© o SUV mais popular e o carro mais vendido nos √ļltimos anos nas listas de aluguer, onde nem sequer aparece o Hyundai Tucson.

A nova gera√ß√£o Hyundai Tucson ser√° o centro das aten√ß√Ķes onde quer que apare√ßa, embora seja verdade que, nesta ocasi√£o, a empresa sul-coreana faz fronteira com o radical. Est√° no limite, flertando com a linha entre o sucesso e o fracasso, mas como se costuma dizer, ou corres um risco ou perdes. A Hyundai optou por correr um risco, por lan√ßar um carro que ser√° reconhec√≠vel a metros de dist√Ęncia e deixou a gera√ß√£o cessante desactualizada. E a Hyundai Tucson que foi vendida at√© agora n√£o era exactamente um carro antiquado ou feio.

Podiam ter assumido um risco noutro segmento, porque o segmento dos SUV compactos é um dos mais competitivos e eles tinham um carro que se vendia a si próprio (mas com um design muito tradicional). Nesta evolução não resta nada do anterior, apenas o nome e o logotipo na grelha, que por sinal, será uma das partes do carro que receberá mais visual, embora haja coisas que não são vistas e que realmente farão deste carro um bestseller maior do que o seu antecessor.

 

 

Queres mais informação sobre o Hyundai Tucson (2021)?

Informa√ß√Ķes de prote√ß√£o de dados de idoneo Leia antes de aceitar

O novo design do Hyundai Tucson 2021

Desportividade sensual, como a Hyundai chama a sua linguagem de design

O Hyundai Tucson √© um dos pilares mais importantes da empresa sul-coreana, √© o SUV mais vendido da marca e tamb√©m um dos carros de maior sucesso de todos os que est√£o no seu cat√°logo. O que quer que fa√ßam com este carro pode ser um sucesso ou um fracasso, enchendo os cofres com dividendos sumarentos ou v√™-los vazios porque ningu√©m quer ser visto aos comandos de um Tucson, embora estejamos convencidos de que esta √ļltima op√ß√£o ser√° a menos popular. O novo Tucson est√° preparado para ser um sucesso de vendas global.

Design exterior

H√° alguns anos atr√°s, digamos 10 ou 15 anos, um design t√£o arrojado e pouco convencional teria sido um s√©rio risco. J√° vimos carros com menos brilho, mas com um design igualmente pouco convencional a cair. No entanto, nos √ļltimos anos, os gostos parecem ter mudado muito e a capacidade de se destacarem da multid√£o √© um forte ponto de venda. Podemos ver como os carros com um design diferente dos restantes s√£o melhor recebidos a cada dia que passa e nesta √°rea, em diferencia√ß√£o, o novo Hyundai Tucson ser√° a refer√™ncia. Ou pelo menos um deles, porque ainda n√£o vimos o novo Nissan Qashqai, que vai olhar para outros modelos da marca, como o Juke, pelo seu design.

Se olharmos para o design do novo Tucson, podemos ver que a cor escolhida para a carroçaria terá uma influência muito maior do que o habitual na sua aparência. As suas formas corporais são muito drásticas, muito pronunciadas e enfáticas, formas que podem ser "camufladas" com a cor errada ou talvez até realçadas com uma cor particular. O preto, por exemplo, não seria uma boa escolha para este novo Tucson. O branco também não seria.

Onde n√£o importa muito qual a cor escolhida √© na frente, onde a grelha parece cobrir quase toda a parte frontal, mas √© de facto um efeito √≥ptico, pois os lados da grelha escondem os far√≥is. Um total de cinco m√≥dulos est√£o escondidos entre as aberturas da grelha, apresentando uma imagem marcante e apelativa, uma solu√ß√£o nunca antes vista na frente mas agora, gra√ßas √† tecnologia LED, √© muito f√°cil de conseguir. O mesmo, ou quase o mesmo, √© verdade na parte de tr√°s, onde a tecnologia LED √© mais uma vez importante, pois permite o design de luzes muito estreitas e com formas que antes eram inutiliz√°veis. √Č verdade, n√£o √© t√£o marcante como a parte da frente, mas acaba num carro com muita personalidade. Talvez demasiado para muitos utilizadores.

Design de interiores

A cabine √© tamb√©m uma √°rea do carro que evoluiu significativamente. De uma s√≥ vez, a Hyundai afastou-se do tradicional e para o futuro com a digitaliza√ß√£o e as superf√≠cies t√°cteis. √Ä primeira vista tem um aspecto fant√°stico, super moderno e tecnol√≥gico, mas quando se trata de o usar, perde o seu atractivo for√ßando-te a desviar o olhar para o operar e impedindo-te de o usares enquanto conduzes, devido ao perigo que implica. Esta √© uma moda que se est√° a espalhar em muitas marcas e n√≥s n√£o somos a favor dela. A instrumenta√ß√£o digital √© outra quest√£o, mas n√£o est√° livre de problemas de visibilidade, dependendo das condi√ß√Ķes. Acontece em muitos carros que utilizam uma instrumenta√ß√£o de mesa, que √© afectada pelas condi√ß√Ķes de ilumina√ß√£o.

O aspecto do interior, por outro lado, é fantástico, um enorme passo em frente para a marca em termos de design e qualidade percebida. Gostamos do volante, que com quatro raios tem um design diferente do que temos visto até agora dos rivais ou da própria Hyundai. Não é um design 100% novo, é um volante que a marca usa na Hyundai Elantra americana e que não trouxe para a Europa até agora.

Descobre o RENTING de Hyundai Tucson (2021)
Cuota fija sin riesgo

    O novo Tucson está preparado para ser um sucesso de vendas a nível mundial

    O interior do Hyundai Tucson

    Tecnologia e muitos motores para escolher

    Gama Mec√Ęnica

    Mas n√£o se trata apenas de design, a Hyundai Tucson esconde muito mais coisas que tornam o modelo uma op√ß√£o interessante se estiveres √† procura de um SUV compacto. E esquece as suas origens sul-coreanas, h√° muitos anos atr√°s eles baniram o seu estatuto de fabricante de carros econ√≥micos e colocaram-se ao n√≠vel dos europeus em cada uma das sec√ß√Ķes. Al√©m disso, a Hyundai √© o fabricante que oferece mais op√ß√Ķes de electrifica√ß√£o para os seus carros (h√≠brido suave, h√≠brido, h√≠brido plug-in e el√©ctrico) e os seus carros est√£o sempre no topo das classifica√ß√Ķes de fiabilidade alem√£s, os mais fi√°veis (redund√Ęncia √† parte) em termos de dados.

    Em termos de tamanho, por exemplo, √© m√©dia para o segmento com 4,5 metros de comprimento, 1,86 metros de largura e 1,65 metros de altura. Na sua classe, √© quase a meio da tabela em termos de tamanho e isto √© not√≥rio na cabine, que tem mais espa√ßo para ocupantes e carga, com uma capacidade de 620 litros para a gasolina leve e 598 litros para o diesel (por causa do tanque AdBlue). Se optares pelas vers√Ķes h√≠bridas de 48 volts, o porta-bagagens √© de 577 litros para a gasolina e 546 litros para o gas√≥leo. No entanto, por curiosidade, a bota do h√≠brido Hyundai Tucson plug-in tem uma capacidade de 616 litros.

    Debaixo do capot, os condutores mais exigentes ficarão satisfeitos. A gama Hyundai Tucson começa com o motor diesel 1.6 CRDi de 116 cc, um motor que, na nossa opinião, está um pouco aquém do que é necessário para que tudo se mova suavemente. Gostamos do Hyundai Tucson 1.6 CRDi Hybrid 48V com 136 PS e 320 Nm de binário, um motor que oferece um desempenho mais do que suficiente para a maioria dos utilizadores. O passo seguinte é o Tucson 1.6 T-GDI 48V com 150 cv, um motor a gasolina com hibridação suave que é um dos mais interessantes, pois tem bom desempenho e uma etiqueta ECO (o diesel de 48 volts também tem uma). Se 150 cv não é suficiente, o mesmo bloco de 1.6 T-GDI 48V é oferecido com 180 cv, um valor que promete uma boa aceleração e faz com que a ultrapassagem seja anedótica.

    Existe a opção de uma caixa manual de seis velocidades ou uma dupla embraiagem automática de sete velocidades para os motores híbridos suaves. Também podemos optar pela tracção às quatro rodas, mas neste caso as coisas mudam um pouco. Se quisermos a etiqueta ECO e a tracção integral, teremos de optar pelo motor de 180 cv, se não nos importarmos com a etiqueta ECO, o motor de 150 cv perde a hibridação de 48 volts para acomodar a tracção às quatro rodas e não pode ser equipado com uma transmissão automática.

    Contudo, ainda existem mais dois motores, ou melhor, mais duas vers√Ķes do motor 1.6 T-GDI. Por um lado, temos o h√≠brido convencional com transmiss√£o autom√°tica de seis velocidades, que oferece nada menos que 230 cv, a op√ß√£o de trac√ß√£o integral e a etiqueta ECO. Por outro lado, e como topo de gama, temos o h√≠brido plug-in que s√≥ pode ser escolhido com trac√ß√£o integral, mas que produz um n√£o desprez√≠vel 265 cv. S√£o interessantes? Claro, se gostas de carros como n√≥s, s√£o os mais interessantes, mas na realidade, para uso di√°rio da fam√≠lia, n√£o fazem qualquer sentido e o desempenho que oferecem n√£o compensa os custos que implicam.

    Conclus√£o/Opini√£o

    Conclus√£o/Opini√£o

    O novo Hyundai Tucson, revelado em meados de 2020, é um carro inovador, e não apenas devido à sua imagem espectacular, que é. Com este carro, a Hyundai está a correr um risco e, certamente, vai ganhar. O seu design convida-te a divertir-te nos seus detalhes, a passar muito tempo a olhar para as suas dobras e curvas. Pode estar um pouco sobrecarregado na zona da porta, com tantas linhas e tantas mudanças de plano, não sabes bem onde procurar e o forte vinco debaixo das janelas a partir do pilar B parece que foi colocado depois do facto, mas segue as tendências actuais e será um sucesso. Especialmente em vermelho.

    Em termos de tecnologia e equipamento, a falta de controlos f√≠sicos para fun√ß√Ķes t√£o b√°sicas como o aquecimento √© uma coisa m√°. Esta √© uma tend√™ncia muito, muito infeliz porque te obriga a tirar os olhos da estrada durante demasiado tempo para ligares o aquecimento. Muitos fabricantes est√£o a adoptar esta solu√ß√£o e eu ainda n√£o compreendo porque √© que ainda n√£o pensaram na seguran√ßa antes do design (bem, eu compreendo, o design vende mais do que a seguran√ßa). Se ignorarmos isto, o equipamento √© de primeira classe, o design √© moderno e agrad√°vel e a qualidade est√° para al√©m de qualquer d√ļvida.

    Se tivéssemos de escolher, optaríamos pelo 1.6 T-GDI 48V com 150 cv. Em termos de potência e desempenho, é a escolha mais lógica. O diesel de entrada é demasiado "pequeno" para um carro do seu tamanho e os híbridos são muito potentes e caros, embora se estiveres com um orçamento apertado e gostares do Tucson, não hesites, os híbridos são a melhor opção, oferecem um desempenho muito elevado e podem ser conduzidos em modo eléctrico para as viagens mais comuns, reduzindo o consumo de combustível numa quantidade enorme. O diesel de 136 cv seria a escolha perfeita se conduzes muito em auto-estrada e o micro-híbrido de 180 cv seria a melhor solução para aqueles que precisam de tracção integral mas não querem gastar o que os híbridos de 230 cv e 265 cv custam.