Hyundai Nexo

Conduz a um futuro mais limpo

  • Alta tecnologia
  • Amigo do ambiente
  • Equipamento
  • Dif√≠cil de usar em Espanha
  • N√£o √© barato

Descobre o Hyundai Nexo

Entre as principais novidades no Ces Las Vegas 2018 estava um carro que parece trazer o futuro para o presente. O modelo é o Hyundai Nexo que estamos hoje a analisar e é um projecto da marca coreana onde nos mostram os avanços que irão introduzir a bateria de hidrogénio na sua oferta.

O que é impressionante não é apenas o sistema de propulsão, mas também o facto de não estarmos a falar de um protótipo. A Hyundai está empenhada no lançamento deste modelo. O lançamento não será global, mas procura cobrir os principais mercados, realizando um estudo sobre a viabilidade da introdução da pilha de hidrogénio como combustível alternativo.

Design Exterior

O Nexo √© um carro que n√£o tem uso definido √† primeira vista. √Č um ve√≠culo que, se tiver bom desempenho, tem boas qualidades que o podem tornar num nicho de mercado.

O design deste modelo conseguiu combinar elementos familiares da marca com outros que parecem sugerir os seus planos a m√©dio prazo.  O carro tem uma certa apar√™ncia ecl√©ctica, mas ao mesmo tempo √© muito atractivo.

Se formos para a frente podemos ver muito desse toque "futurista", especialmente na aproximação da grelha e na moldagem que corre ao longo da borda frontal do capot. Os clusters de luz destinam-se a ser algo novo, embora façam lembrar o seu irmão Kona.

De lado vemos uma est√©tica SUV que √© reafirmada com longas linhas que criam um design s√≥brio e elegante. Tudo isto permite alguns detalhes bem escolhidos, tais como as inser√ß√Ķes de pl√°stico na parte inferior das portas. Da mesma forma, as janelas traseiras s√£o rebaixadas, criando a impress√£o de um design ondulado.

A parte de trás do Nexo também segue a tendência minimalista existente. A porta traseira é uma peça despojada e sem adornos, com apenas o emblema da marca no centro.

As luzes LED s√£o respons√°veis pela cria√ß√£o de uma boa vis√£o, com as formas aerodin√Ęmicas do avental e dos p√°ra-choques dando-lhe uma personalidade extra pr√≥pria.

Queres mais informação sobre o Hyundai Nexo?

Informa√ß√Ķes de prote√ß√£o de dados de idoneo Leia antes de aceitar

interior nexo

Avant-garde

Design de interiores

Quando se trata do interior, este √© um carro de vanguarda. Cada parte da cabine deixa claro o gosto da marca pela modernidade, especialmente no Nexo. Mas n√£o entres em p√Ęnico, eles adaptaram-se aos gostos dos condutores de hoje.

O cockpit tem um ecr√£ t√°ctil na consola central que recolhe dados sobre o alcance do carro, sincronizando mesmo com o GPS para encontrar esta√ß√Ķes de recarga dentro do alcance do ve√≠culo.

A presen√ßa destes dados na consola central vai fazer-nos pensar num painel de instrumentos digital, baseado num grande ecr√£ transversal. O volante est√° na mesma veia, combinando o estilo actual do alcance com detalhes mais inovadores que parecem indicar aspira√ß√Ķes mais elevadas para o Nexo.

Os comandos do coreano s√£o mais bot√Ķes f√≠sicos, deixando os ecr√£s t√°cteis para outros carros em segmentos mais altos. As restantes caracter√≠sticas interiores s√£o mais ou menos o que esperarias dos SUV de tamanho m√©dio e grande da marca.

Powertrain

Embora a célula a hidrogénio tenha sido experimentada há algum tempo, o Nexo parece ser o primeiro a entrar em produção e vai usá-la para se alimentar a si próprio. O seu motor é baseado apenas neste sistema.

A forma como funciona é um pouco complexa, mas pode ser resumida como baterias alimentadas por este gás são responsáveis pela geração de electricidade suficiente para accionar o motor eléctrico.

O desempenho do motor √© bastante bom, cerca de 161 cv, um bom desempenho para este tipo de carro, com um alcance de cerca de 800 quil√≥metros, bons n√ļmeros e pr√≥ximo dos motores de combust√£o dos ve√≠culos convencionais.

Descobre o RENTING de Hyundai Nexo
Cuota fija sin riesgo

    A operação é algo complexa, mas poderíamos resumi-la no facto de as baterias alimentadas por este gás serem responsáveis pela produção de electricidade suficiente para accionar o motor eléctrico.

    lado nexo

    A segurança é um ponto alto

    Comportamento

    Assim que o bot√£o de arranque √© premido, o sil√™ncio √© o protagonista, por isso √© necess√°rio engatar o equipamento directo com o bot√£o e ligar o indicador. No painel de instrumentos podes ver uma imagem do lado esquerdo do carro, que oferece o assistente do √Ęngulo morto. O sistema pretende evitar os √Ęngulos mortos que n√£o podem ser eliminados pelo espelho retrovisor.

    Funciona em combinação com outros sistemas de segurança e conforto, tais como a assistência na faixa de rodagem, controlo de cruzeiro adaptativo, travagem de emergência automática, etc. A célula de combustível quase funciona em conjunto com o espelho retrovisor

    O funcionamento da célula de combustível quase não gera ruído e, quando o faz, não é desagradável. O carro é liso e suave, o que está de acordo com o seu carácter amigo do ambiente.

    Se o empurrares com mais for√ßa, vais sentir-te um pouco "lento", j√° que os seus 163 cv o empurram bem, mas tamb√©m n√£o √© excessivamente impulsionado. Com um torque de 395 Nm, acelera de 0-100 km/h em 9.2 segundos e atinge uma velocidade m√°xima de 179 km/h, de acordo com n√ļmeros oficiais. Se o empurrares, o baixo n√≠vel de ru√≠do √© bom e h√° apenas um ligeiro assobio, o mesmo que em alguns motores convencionais quando o turbo faz efeito.

    Quanto à durabilidade da célula de combustível, tem uma capacidade de 461 litros em três tanques, o que significa que o carro promete um alcance entre 666 km e 756 km (dependendo se segues o protocolo de homologação WLTP ou NEDC, respectivamente).

    As baterias Nexo podem ser recarregadas por travagem regenerativa, pressionando o pedal do trav√£o ou deixando-o segurar em inclina√ß√Ķes planas e descendentes.

    Difere de outros modelos eléctricos e a hidrogénio, onde a Hyundai equipou o SUV com as pás do volante com o símbolo da bateria, para que possas escolher o tempo real que queres que o carro retenha e regenere electricidade, em quatro níveis: 0,1,2,3.

    Quando fazes downshifting downhill, é possível desacelerar premindo a palheta da esquerda (tal como quando fazes downshifting num carro convencional com caixa de velocidades automática) ou tirar partido da inércia para dar menos gás, premindo simplesmente a palheta oposta à direita.

    A todo o gás, o maior grau de retenção (3), e a baixas velocidades, torna possível quase esquecer o travão ao acelerar e abrandar, mas o acelerador não pode tornar-se um "i-pedal", com o qual se pode propulsar o carro ou pará-lo completamente, como aqueles encontrados na Folha Nissan, por exemplo.

    Segurança

    Este modelo pode ser considerado muito seguro, pois tem algumas caracter√≠sticas tecnol√≥gicas inovadoras, tais como o sistema Blind Spot View Monitor. Este √© capaz de detectar objectos no √Ęngulo morto e funciona para al√©m dos cl√°ssicos espelhos retrovisores, projectando uma s√©rie de imagens laterais e traseiras no ecr√£ do tablier, usando c√Ęmaras posicionadas ao longo da carro√ßaria.

    Também tem um sistema de estacionamento automático remoto, sem a necessidade de o condutor estar dentro do carro. Terá também uma função de condução autónoma, com o uso do assistente de manutenção de faixa e do programador de velocidade.

    Equipamento

    Embora os n√≠veis de equipamento sejam desconhecidos, temos conseguido ver algumas das tecnologias. Estas incluem uma s√©rie de novos auxiliares de condu√ß√£o, como um monitor de √Ęngulo morto (onde podes ver imagens do que est√° a acontecer no √Ęngulo morto), assist√™ncia na faixa de rodagem e estacionamento remoto inteligente. Sem esquecer que tamb√©m inclui o Hyundai SmartSense, o novo pacote no qual podem ser encontradas at√© nove tecnologias diferentes.

    As baterias Nexo podem ser recarregadas por travagem regenerativa, quer carregues no pedal do trav√£o ou o deixes segurar nas encostas planas e nas descidas.

    Revis√£o do Hyundai Nexo

    A pr√≥pria tecnologia do Nexo √© talvez a sua maior desvantagem. A Espanha n√£o √© o melhor pa√≠s para testar a c√©lula de hidrog√©nio, uma vez que actualmente existem muito poucas esta√ß√Ķes de hidrog√©nio e espera-se que em 2020 o n√ļmero total seja apenas 20.

    Caso contrário, é um modelo bem produzido, com uma qualidade de construção notável e um exercício de estilo que também se pretende que seja um carro de produção, e não um protótipo irrealista.

    Não sabemos o que o futuro nos reserva, mas o que é claro é que mais cedo ou mais tarde o combustível e os motores terão de se adaptar a um futuro que requer uma maior consciência ecológica. O Nexus parece pronto, não é verdade?